Quem é o bit que joga com o The Last Dance? Conheça a carreira e o futuro dele!

Quem é o bit que joga com o The Last Dance? Conheça a carreira e o futuro dele!

Quem está acompanhando as lives dos jogadores do The Last Dance, dá de cara com um cara que joga com eles ‘bit’, mas não o conhecem.

Quem é bit?

Primeiramente, Bruno ‘bit’ Lima atualmente joga algumas lobbys e apare nas lives junto da galera do The Last Dance. Assim, o jogador que já conviveu bastante com o pessoal das antigas tem certa intimidade e carinho com todos ali. Porém, quem chega agora nas lives e se depara com ele, nem faz ideia de quem seja e o que ele já fez pelo CS nacional.

Assim como ele mesmo diz em seu canal da Twitch:

“Meu nome é Bruno Fukuda Lima, mais conhecido como bit1, sou jogador de CSGO. Comecei a jogar CS em 2001 e desde então venho competindo pelo mundo a fora em quase todas versões do jogo. De 2013 a 2015 joguei profissionalmente League of Legends como Jungler do KaBuM, no qual vencemos a WCG Brasil 2013 e representamos o Brasil na China, logo após ocupei a função de gerente de e-Sports e fomos o primeiro time brasileiro a disputar um Mundial de LoL. No final de 2015 voltei a participar de campeonatos de CSGO e passei por times como WinOut, Luminosity, TeamOne, 100Thieves e NTC.”

Como visto, bit joga desde o comecinho do CS aqui no Brasil, jogou com diversos conhecidos nossos, principalmente na época de MIBR. Bruno entrou na maior equipe nacional em 2007 e participou de vários campeonatos, tal quais, de conquista de títulos. São vários as conquistas de bit com a MIBR, mas alguns deles são grandiosos e memoráveis.

O campeonato que fez história

Enfim, o primeiro com a camisa da MIBR foi o shgOpen 2007 – Counter-Strike, que ao lado de cogu, bruno, fnx e nak, bit conquistou esse troféu e levou mais de 21 mil dólares para casa. Além desse, outro grande triunfo foi na Dream Hack Winter 2007, realizado na Suécia. Enfrentando grandes times da época, os brasileiros chegaram a bater em Fnatic, onde o f0rest jogava na época. Por fim, na grande final, enfrentando o time do SK Gaming, bit e companhia levaram o jogo na Nuke por 16-11 e levaram mais de 17 mil dólares.

Você pode assistir essa final no canal do Gaules

Em 1 ano de MIBR, bit1 somou mais de 125 mil dólares ganhos em campeonatos com essa camisa. Após isso, ele jogou CS até final de 2012 e em 2013 mudou de jogo e entrou para o League of Legends. Assim, como jogador de LOL, Bruno conseguiu vencer o WCG Brasil 2013 e representou o Brasil na China. Ainda mais, ele virou manager de e-sports da Kabum e levou o CBLOL de 2014, o qual garantia uma vaga no mundial de LOL, a primeira participação de uma equipe brasileira em um Worlds.

Em seguida, ele voltou ao cenário de CS em 2015, atuando como jogador em times como  WinOut, Luminosity, TeamOne, 100Thieves e NTC. Assim, suas atuações mais recentes foram pela 9z Team, da Argentina, onde ficou 2 anos na equipe. Antes de decidir seu futuro, bit1 conseguiu deixar à equipe o título de melhor equipe argentina, após conquistar a FiRe League 2021 e a BLAST Rising LATAM 2021.

O futuro de bit1

Por fim, recentemente o jogador tomou uma dura decisão e resolveu parar de atuar como jogador. Mas seu amor pelo jogo não para ali e sua gana de participar de grandes campeonatos levou bit a virar coach. Assim, o brasileiro que já fez muita história no passado espera conseguir também fazer nos tempos atuais.

E aí, quem conhecia essa carreira toda do bit?

Veja também:

->As maiores transmissões feitas por brasileiros na Twitch! Casimiro e Gaules estão no topo da lista!
->HISTÓRICO! Assistindo o documentário de Neymar, Casimiro bate recorde e alcança mais de 545 mil espectadores em live!
->Já está definido o local e o prêmio do primeiro Major de 2022!
->Casemiro anuncia sua nova line-up de CSGO! Antigos nomes se juntam com jovens promessas para trazer títulos!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: