37 coaches são banidos dos campeonatos Majors

37 coaches são banidos dos campeonatos Majors

A Valve bane diversos coaches que utilizaram de bug para conseguir vantagens nas partidas, dentre eles, nomes de brasileiros conhecidos.

Os coachs banidos não poderão participar dos Majors

O ocorrido

Em setembro do ano passado a Valve foi alertada que diversos coaches estariam utilizando de bug para obter uma vantagem injusta nas partidas, conhecido como ‘bug dos coaches’.

Para isso, a Esports Integrity Commission (ESIC) foi acionada. Desde então, a comissão vem investigando os casos e publicando os resultados em suas redes sociais.

A Valve, então, decide que os treinadores que utilizaram desse bug não participarão dos eventos patrocinados pela desenvolvedora, dependendo do quanto cada coach usufruiu do bug.

Abaixo está a tabela produzida pela Valve, a qual mostra o número de deméritos dos coachs e o número de Majors correspondente que cada um não poderia participar.

Brasileiros na lista

Dentre todos os nomes da lista, vários coaches brasileiros foram pegos utilizando-se do bug. Além de Dead, um dos primeiros a ser banido pela ESIC, outros grandes nomes apareceram na nova lista. São eles: Guerri (FURIA), Apoka (MIBR), elll (paiN), prd(RED)e rikz (DETONA).

Apoka, coach da MIBR, está entre os envolvidos

Conforme o método de avaliação da Valve, a quantidade de deméritos de cada coach ficaria assim:

 CasosDuração do Ban (meses)Nº DeméritoQntd MajorsRedução da punição (%)
Apoka65,48Todos85
Guerri245560
Prd5106Todos0
Elll3106Todos0
Rikz110530
dead56,54435
Tabela relacionada

Como pode ser visto na tabela, a ESIC reduziu algumas punições. O mais notável é o caso do Apoka, o qual reduziu em 85% as causas, fazendo com que ele ainda tenha a esperança de liderar o time no Major, caso isso ocorra.

Além disso, a Valve tomou algumas decisões em relação aos próximos eventos online, um deles é o RMR regionais, o qual identificará os 24 times convidados para o próximo Major em Estocolmo.

Segundo ela, apenas jogadores são permitidos na sala e no servidor. Nem os treinadores nem qualquer outro membro da equipe serão permitidos na sala, no servidor ou de qualquer outra forma se comunicarem com a equipe durante uma partida online.

Veja também:

-> Envy deverá ser a nova casa para o projeto de Cogu
-> Todo mundo deveria saber as funções no CSGO
-> Gaules se torna o rosto do emote PogChamp na Twitch
-> Na’Vi recebe relógios de 16 mil reais por vencer a BLAST Premier

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: